Destaque Últimas Notícias Variedades

A História da Bandeira do Brasil e o seu Simbolismo

Vamos pegar o 7 de Setembro com desfiles cívicos, exaltando a Data, como uma forma de nos recordar que somos um País e aproveitar para comentarmos sobre a História e o Simbolismo da Própria Bandeira Nacional do Brasil .

Bandeira do Brasil no Tempo de Dom Pedro II (a terceira feita) que foi substituída pela Atual após o Brasil ter virado uma república em 1889

O 7 de setembro é uma Data que como outras foram criadas com algum propósito político, porém que servem para propagar o sentimento coletivo, neste caso de união por uma Pátria livre e Independente baseados em uma mesma Bandeira que simboliza um País, assim como na Europa era. Cada nação tinha uma Bandeira que simbolizava o seu País. Nossa primeira Bandeira foi criada em 1822 e mudou 2 vezes durante o período do Império, sendo alterada para o conceito atual, após a Proclamação da República.

Os Países são simbolizados por seus limites e suas bandeiras. Ou seja, as fronteiras do Brasil que dá a sua forma geográfica hoje em dia e as Bandeiras Antigamente e hoje em dia, eram e são forma de reconhecerem uma determinada Nação e até os Seus Exércitos. Existe o Juramento a Bandeira em quase todos os Países do Mundo

O Conceito Romântico de nossa Bandeira Brasileira atual é lindo, isso ninguém pode negar,” L’amour pour principe et l’ordre pour base; le progrès pour but = O Amor por princípio e a Ordem por base; o Progresso por fim”. Ordem e Progresso o lema de nossa Bandeira, deriva desta frase do Francês Auguste Comte. Mas este lema vem depois da proclamação da Republica no Brasil em 15 Novembro de 1889, onde a bandeira do império foi mudada para uma nova Bandeira a da Republica que conhecemos Hoje (para ficar bem claro).

O interessante é que para desenvolverem nossa Bandeira  ATUAL, o pessoal Voou longe e fizeram que Estrelas de 8 sistemas solares fossem representadas nesta bandeira, cada uma correspondendo a cada um dos Estados do Brasil. Ou seja, os Criadores da Nova Bandeira do Brasil  desenvolvida por Raimundo Teixeira Mendes, com a colaboração de Miguel Lemos, Manuel Pereira Reis e Décio Villares. Foram do Positivismo Religioso as constelações estrelares para conceber esta Obra Prima que é nossa Bandeira.
“Na nossa bandeira, o Distrito Federal e cada estado da federação estão representados por uma estrela. São portanto 27 estrelas de 8 constelações representando os atuais 26 estados e o distrito federal brasileiros.” Claro que com o tempo, foram havendo alterações das “Estrelas” da bandeira, a última alteração da aparência das estrelas foi no ano de 1971:

FONTE UFMG

“Para identificarmos no céu essas estrelas, a primeira coisa que devemos notar é que em nossa bandeira as estrelas aparecem invertidas (espelhadas) em relação à disposição que as vemos no céu. Isso porque segundo a lei No 5.700, de 1 de setembro de 1971, que dispõe sobre a forma e a apresentação dos símbolos nacionais, as estrelas na Bandeira Brasileira, devem ser consideradas como vistas por um observador “situado fora da esfera celeste”, tipo por um Astronauta ou por Deus (maybe). E no ano de 1992 foi quando o Brasil alcançou os 27 Estados os últimos criados foram:  Amapá, Tocantins, Roraima e Rondônia.

Hoje estamos assim:

E as cores da Bandeira eu expliquei acima, na foto de capa desta matéria, mas vamos de novo:

  • “branco”, significa o desejo pela paz
  • “azul”, simboliza o céu e os rios brasileiros
  • “amarelo”, simboliza as riquezas do país
  • “verde”, simboliza as matas (a rica floresta brasileira)

Para mais detalhes sobre as Estrelas da Bandeira no Brasil entrem neste LINK da Universidade Federal de Minas Gerais:

http://www.observatorio.ufmg.br/pas12.htm

 

Sobre o Autor

Ernani J. De M.M.

Ernani J. De M.M.

Redator do Kiau Notícias e outras coisas mais

Deixe um recado

error: O Conteúdo desta Matéria não pode ser Copiado sem Autorização