Destaque Últimas Notícias Variedades

Aquele que só Vai e nunca Volta – O TEMPO

E agora eu vou falar daquele que com ele o negocio sempre é muito sério, que com ele não tem adultério, porque é o único que não se pode tirar do sério. O Tempo é aquele elemento que você não pode fabricar mais, querer mais, ter mais, porque ele passa, ao bater do relógio, cada tic é um suspiro que se foi, cada TAC é o futuro que se tornou presente e finalmente foi ser passado.

Sendo esta a ração constante que “come”os homens e os animais, e ele vai indo sem voltar, com ou sem pressa dependendo do seu olhar, que inclusive pode mudar e fazer o tempo perceptível acelerar ou frear, quase que não indo, pensando que tal hora nunca irá Chegar. Mas Chegará, talvez não para você que possa ter morrido ao esperar esta roda que roda sem parar, apontar no dia e na hora que você “agendar”. Mas para quem estiver vivo chegará, porque o tempo nunca para, mesmo que seu coração parar o tempo continuará a circular, dos segundos, para os minutos e deste para as horas, destas para os dias, destes para o mês, deste para o ano, deste para a década e indo, nunca vindo, porque o tempo não vem, ELE SÓ VAI.

Vai-se indo ele o tempo, escuridão chega, dia claro lampeja e indo da noite ao dia, do dia a noite, o tempo realmente não para; porque como já dito, se o tempo para você parar, meu xará, ou você já morreu ou em outra dimensão esta. Porque neste mundo aqui, o inexorável tempo, jamais irá tardar, chegando sempre em seu horário, nos relógios que estão afinados, com o Tempo.

Foi-se o tempo que eu tinha para escrever, porque o dia, é definido em horas, e os minutos que aqui “perdi”, me fazem falta “ali”por não ter tantos braços. Para-se algo, para fazer outro, sendo que não há como mensurar o que é mais importante, porque tudo é importante, vide que tudo depende de tempo e o tempo por si é a maior preciosidade existente, porque sem ele, nem sabemos ser gente. Até porque… Que Horas será o Jantar Mesmo? A marcação daquele que só vai chamada HORA, nos mostra a noção do passar no inexorável tempo, que vai indo, mesmo que o relógio estiver parado, mesmo que este site não tiver “rodado”; mesmo que a vida estiver QUASE parado. displaymath28

Enquanto você tiver tempo meu Prezado, significa que você esta vivo e precisa fazer aquilo que o seu tempo lhe permite, sabendo dos limites inerentes do corpo humano. Bonne Chance!

 

Sobre o Nosso Tempo “de Relógio”:

“De acordo com a definição de tempo civil, lugares de longitudes diferentes têm horas diferentes, porque têm meridianos diferentes. Inicialmente, cada nação tinha a sua hora, que era a hora do seu meridiano principal. Por exemplo, a Inglaterra tinha a hora do meridiano que passava por Greenwich, a França tinha a hora do meridiano que passava por Paris.

Como as diferença de longitudes entre os meridianos escolhidos não eram horas e minutos exatos, as mudança de horas de um país para outro implicavam cálculos incômodos, o que não era prático. Para evitar isso adotou-se o convênio internacional dos fusos horários.

Cada fuso compreende tex2html_wrap_inline58 (= 1 h). Fuso zero é aquele cujo meridiano central passa por Greenwich. Os fusos variam de 0h a +12h para leste de Greenwich e de 0h a -12h para oeste de Greenwich. Todos os lugares de um determinado fuso têm a hora do meridiano central do fuso.

Hora legal: é a hora civil do meridiano central do fuso: HL=TU+fuso

Por exemplo, se em um dado instante a hora legal no fuso de -3h é HL=12h, sabemos que a hora solar média no meridiano de Porto Alegre é HSMPoA= 11h 36m.

A Linha Internacional da Data, próxima de longitude=180°, separa os dois dias do calendário. Cruzando a Linha para leste, subtrai-se um dia. Para oeste, adiciona-se um dia.

A hora solar e hora a sideral são sistemas de medida de tempo baseados no movimento de rotação da Terra. A rotacão da Terra sofre irregularidades, algumas previsíveis, outras não. O movimento do polo afeta a longitude de qualquer ponto na superfície da Terra, o que se reflete no ângulo horário do Sol e do ponto vernal.

Equador

Além disso, a velocidade angular de rotação da Terra não é uniforme. Há uma lenta desaceleração da rotação, causada pelo atrito da massa líquida do planeta, que tende a se alinhar com a Lua e o Sol devido às marés, com a parte sólida, além do atrito do núcleo sólido com o manto. Há também variações sazonais, provavelmente causadas por mudanças meteorológicas, na rotação do planeta. Finalmente há componentes irregulares na variação da rotação, ainda não totalmente explicados.

Devido às irregularidades na rotação da Terra, são definidos 3 tipos de sistemas de tempo universal:

TU0: baseado apenas no valor do ângulo horário do Sol Médio medido por um observador no meridiano de Greenwich.

 

TU1: TU0 corrigido para o efeito de variação da longitude, Δλ, causado pelo deslocamento do polo.

TU1 = TU0 + Δλ

TU2: TU1 corrigido para as variações sazonais na velocidade angular de rotação da Terra, ω:

TU2 = TU1 + Δω(°)/15°/h

Tempo Atômico Internacional (TAI): O tempo atômico é muito mais regular do que a rotação da Terra. Desde 1967, quando um segundo foi definido como 9 192 631 770 vezes o período da luz emitida pelo isótopo 133 do Césio, no nível fundamental, passando do nível hiperfino F=4 para F=3, se usa o TAI, dado por uma média de vários relógios atômicos muito precisos. Hoje em dia se usa a transição maser do hidrogênio, ainda mais precisa. O TAI varia menos de 1 segundo em 3 milhões de anos. Mas existem objetos astronômicos ainda mais estáveis, como a estrela anã branca G 117-B15A, cujo período de pulsação ótica varia menos de 1 segundo em 10 milhões de anos (Kepler et al. 2005, “Measuring the Evolution of the Most Stable Optical Clock G 117-B15A”, Astrophysical Journal, 634, 1311-1318), e pulsares em rádio ainda mais estáveis. Mas o tempo atômico não está sincronizado com a posição do Sol no céu. Assim, a discrepância entre o tempo atômico e o tempo rotacional tende a aumentar. Para evitar uma desvinculação muito grande entre o tempo atômico e o solar, defini-se o tempo universal coordenado (TUC). O TUC é um sistema de tempo atômico que sofre correções periódicas, através dos segundos intercalados, para manter-se em consonância com o tempo universal, mais especificamente o TU1.

Existem ainda outros sistemas de tempo. O tempo das efemérides, atualmente chamado de Tempo Dinâmico Terrestre, é a variável independente que entra nas expressões que nos dão a posição de planetas e de seus satélites em algum sistema de coordenadas, como o sistema de coordenadas eclípticas (http://astro.if.ufrgs.br/tempo/tempo.htm).”

Sobre o Autor

Ernani J. De M.M.

Ernani J. De M.M.

Redator do Kiau Notícias e outras coisas mais

Deixe um recado

error: O Conteúdo desta Matéria não pode ser Copiado sem Autorização