Destaque Últimas Notícias Variedades

O Dia da Consciência Negra 20 de Novembro

E Hoje é o dia da Consciência Negra no Brasil sendo inclusive feriado em mais de Mil Cidades desde o ano de 2011, quando se tornou oficial através da lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011.

Um dia para refletirmos, se há ou não preconceito no Brasil, mas principalmente para celebrarmos a riquíssima cultura Negra que fez o Brasil ser o que hoje ele é, porque da Feijoada até o Acarajé, é algo criado pela Cultura Africana.

Do Samba até a Axé Music, sendo origem de vários de nossos ritmos, danças, folclore…  também fazem parte da cultura Negra. E o que dizer de nossas cores, nossos temperos? Muitos são Originalmente provenientes da África ou aqui criados pelo toque dos Africanos.

E nossa Cultura, Religião e Comportamento? Também foi totalmente moldado com o incremento das culturas Africanas, que nos moldou, construiu nosso País e plantou até a Cana de maneira forçada; isso até o final do século XIX (19). O terrível, do ponto de vista histórico, foi que Portugal, foi o primeiro país a decretar a Proibição da Escravidão em 1761, porém, o Marques de Pombal conseguiu dar um jeito, para que só Portugal Continental, ou seja, as colônias de Portugal na India e o próprio País, tivessem este decreto, sendo que o Brasil e as Colônias na África, não estavam submetidos a esta lei, por estarem “Além Mar”.

Marques de Pombal que Administrou Portugal no Reinado de Dom José Primeiro, entre os anos de 1750 e 1777

A Escravidão no Brasil só terminou no ano de 1888, após o decreto da Princesa Isabel, que promulgou a Lei Áurea. Porém, muitos dizem que a Princesa só assinou um papel, “libertou”os Negros/Afro-descentes; mas não os deu nenhum recurso ou apoio para que pudessem construir suas vidas.

Lei Aurea, que decretou o Fim da Escravidão no Brasil

A Lei Áurea foi assinada, mas a dor NUNCA será compensada, um fato histórico inegável; porque foram 127 anos de espera, depois que Portugal Proibiu a Escravidão, para que o Brasil o fizesse, levando o Brasil a ser o País que mais tem pessoas de Origem Africana fora da África no Mundo; a maioria absoluta daqueles que vieram da África para o Brasil até o século XIX não queriam vir, foram arrancados de suas famílias, aldeias, terras.

Segundo o site especializado Slave Voyages, Portugal/ Brasil chegaram a transportar 5,8 milhões de escravos. Ou seja, quase 6 milhões de pessoas foram roubadas de sua terra de origem e trazidas ao Brasil, acorrentadas, chicoteadas e mortas; caso fossem muito rebeldes.

Destas milhões de pessoas, muitas  morreram nas travessias (da África ao Brasil), após a chegada, etc. Mas foram estas pessoas que fizeram o Brasil ser justamente o País com mais Afro-descentes do Mundo, um país que se misturou ao mundo inteiro e que não tem nem de longe o racismo que existe por exemplo em Países muito mais civilizados como os Estados Unidos.

pintura de navio negreiro, do século XIX(19)

Mas que devemos analisar se há algum preconceito dentro de nós mesmos, um preconceito que pode ser sútil mas que pode prejudicar alguém… porque talvez possa haver maior cortesia em algumas ocasiões para um Branco do que para um Negro… e direitos iguais são necessários em sociedades evoluídas; sendo necessário haverem pessoas evoluídas para que tenhamos a tal da Sociedade Evoluída…

A data escolhida para ser o dia da Consciência Negra, 20 de Novembro, foi escolhida devido ser “supostamente”o dia da Morte daquele que se tornou uma Grande Lenda, Zumbi dos Palmares, que é cultuado quase como um Semi-Deus, por muitos e se tornou um dos maiores símbolos da luta Negra contra a escravidão dos brancos, tendo “Governado” um “Estado Independente”, que era uma comunidade composta segundo historiadores por mais de 20 mil “Escravos Fugidos”, que ficou conhecido para a posteridade como “Quilombo dos Palmares”.

Este Quilombo tinha um Rei que antes de Zumbi era Ganga-Zumba, mas devido a não concordar com algumas negociações que o Rei Ganga-Zumba queria fazer com os Portugueses, uma ala do Quilombo começou a Apoiar para ser Rei Zumbi, que não aceitava negociar e queria continuar na Guerra que estavam travando. O fato histórico foi que o Governador de Pernambuco à época Caetano de Melo de Castro, ofereceu “Alforria/Liberdade”para todos os que viviam no Quilombo, desde que se submetessem as leis de Portugal.Ganga-Zumba queria o acordo, já Zumbi não. Daí: “Depois de feitas as pazes em 1678, os negros mataram o rei Ganga-Zumba, envenenando-o, e Zumbi assumiu o governo e o comando-em-chefe do Quilombo.”

Sendo que de 1678 até o ano de sua morte que foi 1695, supostamente no dia 20 de Novembro, Zumbi era o Rei Absoluto do Quilombo dos Palmares e comandou, muitas vezes com mão de ferro o seu “reino”, durante sua “Gestão”.  Sendo que 15 anos após a morte de Zumbi, que foi morto e sua Cabeça Exposta em Praça Pública, o Quilombo dos Palmares se dissolveu completamente.

Mas ficou para história e até para o Folclore, porque a Cabeça de Zumbi foi exposta, vide que muitos acreditavam que ele era imortal. E para provar que não os Portugueses fizeram esta exposição, mas outras várias lendas nasceram e assim se imortalizou o nome de Zumbi dos Palmares.

 

Sobre o Autor

Ernani J. De M.M.

Ernani J. De M.M.

Redator do Kiau Notícias e outras coisas mais

Deixe um recado

error: O Conteúdo desta Matéria não pode ser Copiado sem Autorização