Destaque Últimas Notícias Variedades

O Dia das Mães no Brasil e no Mundo, Conheça sua História

E hoje, 14 de março de 2017, é o dia das Mães, Muttertag em Alemão, Fête Maman em Francês, Mother’s Day em Inglês,Festa della Mamma em Italiano, Dia de Las Madres em Espanhol e Mors Dag em Sueco. E eu escrevi em várias línguas primeiro para tirar uma onda que o filho da minha mãe é poliglota e depois, para mostrar que no mundo todo se comemora o dia das Mães, bem quase no mundo todo.

Feliz dia das Mães em diversos idiomas

Mas em datas bem diferentes, no Brasil, Alemanha, Austrália, Áustria,Canadá, China, Colômbia, Dinamarca, Equador, Estados Unidos, Finlândia, Grécia, Itália, Japão, Nova Zelândia, Países Baixos, Peru, Suíça, Taiwan, Turquia, Uruguai, Venezuela e Zâmbia; se comemora o dia das Mães no segundo domingo de maio. Na Noruega é no segundo domingo de fevereiro, na Inglaterra no Quarto domingo da Quaresma, na Suécia e Haiti no último domingo de Maio. Já no Líbano, Palestina, Egito, Jordânia, Síria, Iraque é no primeiro dia da Primavera… e por aí vai… em todos os Países do mundo, existe alguma data para homenagear as Mães.

As primeiras comemorações em homenagem às Mães que se tem notícias são muito, muito antigas… bem mais antigas do que  a vontade que muitos são tomados de postar fotos com suas mães no FACEBOOK e demais redes sociais, com certeza.

“Os gregos ( há mais de 2.500 anos atrás) prestavam homenagens a deusa Reia, mãe comum de todos os seres. Neste dia, os  gregos faziam ofertas, oferecendo presentes, além de prestarem  homenagens à deusa.
Os romanos, que também eram politeístas e seguiam uma religião muita parecida com a grega, faziam este tipo de celebração. Em Roma, durava cerca de 3 dias ( entre 15 a 18 de março). Também eram realizadas festas em homenagem a Cibele,  mãe dos deuses.
Porém, a comemoração tomou um caráter cristão somente nos primórdios do cristianismo. Era uma celebração realizada  em homenagem a Virgem Maria, a mãe de Jesus.”

Deus Reia em Escultura em Palácio Grego que data de cerca de 2000 anos

Mas no caso acima, todas as comemorações eram baseadas em figuras DIVINAS, como Deusas e a Maria (Mãe de Jesus), não eram uma coisa muito terrena como nos dias de hoje, onde nem lembramos das Divindades e focamos nossas atenções em nossas Mães de Carne e Osso ou nas in Memoriam (falecidas).

Foi só na Inglaterra no Século XVII, que começou a ser formatado o que conhecemos hoje o dia das mães, isso porque no quarto domingo da Quaresma, os trabalhadores que moravam em outras cidades, onde trabalhavam, voltam para suas Igrejas e se tornou um costume levarem presentes para suas mães nestes dias, motivo qual o dia das Mães na Inglaterra é no quarto domingo da Quaresma até Hoje. Em 1652 era comum os filhos presentearem suas mães, neste dia, que ganhou o nome de “Sunday Mother”= Domingo das Mães.

Cartaz da década de 1940, Norte Americano do dia das Mães

Mas a Moda Pegou com força mesmo, CLARO, depois dos Norte Americanos e seu fabuloso Marketing…
Em 1914 o Presidente Woodrow Wilson, após a aprovação pelo Congresso Americano, mediante os pedidos Anna Jarvis, que queria uma data para homenagear sua Mãe que tinha sido um Exemplo de Mulher na Guerra Civil Americana, ajudando enfermos, crianças, etc. Criou formalmente o “Mother’s Day”dia das Mães. Mas demorou 10 anos para que Anna Jarvis conseguisse este feito, vide que ela começou as suas tratativas em 1904 e só em 1914 é que aceitaram e ainda fizeram desta uma data para homenagear todas as Mães dos Estados Unidos da América com a aprovação da chamada “Joint Resolution Designating the Second Sunday in May as Mother’s Day” = Resolução Conjunta Designando o Segundo Domingo de Maio como dia das Mães.

Anna Jarvis, que foi quem primeiro tentou criar esta data nos Estados Unidos

O mais interessante é que tão logo a data tenha se tornado o DIA DAS MÃES, as empresas fizeram um MARKETING absurdo para que todos dessem presentes para suas Mães.
E a Senhora Anna Jarvis em 1923 achou tudo aquilo errado e promoveu uma campanha informando que esta não era uma data para dar PRESENTES e sim para dar AMOR! E que se ficasse comercializando a DATA iria perder o seu significado!
As pessoas a escutaram, a campanha foi grande mas no final devem ter dito: ” WELCOME TO AMERICA DARLING” = “bem vinda aos estados unidos querida”, porque nos States o marketing e o comércio é o que sempre prevalecem. E SIMPLESMENTE NADA MUDOU, CONTINUAMOS A MERCANTILIZAR A DATA DANDO PRESENTE ADOIDADO para nossas MÃES; isso quando a crise financeira nos permite…

Cartão do dia das Mães, Norte Americano do ano de 1930

Então você que é um filho que não esta querendo gastar muito com presentes para sua mãe, pode dizer que você é Revolucionário e seguirá o exemplo de Anna Jarvis (criadora do dia das Mães) que era contra a ideia de dar presentes! Está é uma ótima desculpa, histórica, cheia de sentimentos… VAI COLAR! r.s

Mas o Dia das Mães TUPINIQUIM (do Brasil) quando foi oficializado?

Foi só em 1932 após o decreto do Presidente Getúlio Vargas que foi oficializado o dia das mães, sendo este sempre comemorado no Segundo Domingo de Maio.

O dia escolhido por Getúlio, o segundo domingo de Maio é Igual a dos Americanos, então o Presidente Getúlio, que deve ter sido Obrigado por sua Mãe (estou brincando), copiou os americanos na Integra e lançou a mesma coisa no Brasil.

No Brasil, coube à ACM-RS a iniciativa da comemoração. A data foi trazida ao Brasil, em 1918, pelo então Secretário-geral da Associação Cristã de Moços do Rio Grande do Sul, Frank Long. Confira a seguir as imagens históricas da primeira comemoração do Dia das Mães no Brasil, em Porto Alegre, na ACM-RS. Mas a data só se tornou oficial em 1932

E no final só tenho a DIZER UMA COISA:

MÃE TEM COMO A SENHORA AUMENTAR MINHA MESADA?

ESTOU BRINCANDO… (não estou não…) r.s… até porque com mais recursos financeiros, poderei eu Adquirir Melhores presentes para você…

Sobre o Autor

Ernani J. De M.M.

Ernani J. De M.M.

Redator do Kiau Notícias e outras coisas mais

Deixe um recado

error: O Conteúdo desta Matéria não pode ser Copiado sem Autorização