Destaque Últimas Notícias Variedades

Rio Salinas – Recuperar/Revitalizar é Necessário e Existe Caminhos para isso

Talvez o termo correto seria, ressuscitar o RIO SALINAS, que esta completamente Assoreado, destruindo pela falta de cuidado do homem, para com o meio ambiente. E que só agora, quando a própria cidade de Salinas, passou vários anos, com sérios riscos de problemas hídricos (de falta de água).

Barragem de Salinas em 2015. Pouca água, muita preocupação

Sendo que Taioberias sua vizinha, já convive com situação de escassez há anos, sempre no período de seca; é que todos começaram a pensar em Salvar o Rio. Porque sem água não há Vida!
E que vida tinha o Rio Salinas, que, como poderá ver na foto acima, nas primeiras décadas do século XX (20), era caldoso, realmente com muita água. Não são raros os relatos de pessoas que nas décadas de 1940, 1950 e até 1960, brincavam, nadavam e pescavam neste Rio, que hoje, mais parece um córrego e ainda tem esgoto que cai nele sem tratamento. Neste filete de água, se comparado ao que antes era.

Foto de 2016 do que Restou do Rio Salinas

Todos precisam de fato se conscientizar da importância VITAL deste Rio, para a cidade de Salina. Sendo que me informaram de uma ação que Prefeitura e Câmara dos Vereadores gostariam de fazer e lançaram e fizeram um debate das possíveis ações. Bem, eu não sei muito do que debateram, mas no começo deste Ano, até enviei ao Senhor Prefeito Zé Prates um Projeto, informando que seria possível entrarem em contato com a CODEMIG para financiarem o plantio de árvores em Salinas, inclusive às margens do Rio. O Projeto da CODEMIG que financia isso, se chama: www.plantandoofuturo.mg.gov.br.

 

Sendo que este projeto pode ser COPIADO para qualquer cidade, adequando pouca COISA! Inclusive, eu adequei e mandei para Araçuaí também! No caso, para revitalizar com o plantio de árvores o Rio Araçuaí. Mas como eu disse, pode ser qualquer lugar!

 

Este projeto envio Abaixo, para que Todos possam ler e quem Sabe, a PREFEITURA Executar:

Projeto Salinas Pegada Zero CO2

 

OBJETIVO:

Plantar 41.301 árvores na cidade de Salinas uma para cada cidadão do município e Zerar toda a

Emissão de Carbono da cidade Fazendo desta a única com Pegada Neutra de Carbono no Estado.

Para tal sugiro dividirmos em 4 fases, sendo que a fase um, será desdobrada para as frases 2, 3 e 4

FASE 1:

Recuperar o degradado Rio Salinas, fortalecendo suas margens e as protegendo, com o plantio

de árvores nativas, em 3 quilômetros de margens de Rio. Como são 2 Margens, totaliza-se 6

quilômetros.

 

Fase 2: Recuperar os 14 km do Rio Salinas dentro do Municipio de Salinas, como plantio de cerca

de 10 mil mudas, utilizando a mesma metodologia da fase 1.

 

Fase 3: Plantar pela cidade de Salinas, em suas ruas, praças,etc. 10 Mil Árvores. Sendo que lotes

vagos podem se tornar PARQUES PÚBLICOS URBANOS, com o Plantio de árvores e Grama.

Criando assim Ilhas Verdes pela cidade de Salinas.

 

Fase 4: Plantar pela cidade de Salinas, em suas ruas, praças,etc. 20 Mil Árvores. Sendo que lotes

vagos podem se tornar PARQUES PÚBLICOS URBANOS, com o Plantio de árvores e Grama.

Criando assim Ilhas Verdes pela cidade de Salinas.

 

Sobre o Rio Salinas:

Possuí cerca de 30 km de extensão, nascendo no município de Taiobeiras, sendo formado nas

junções dos Rios Matrona e Tabocas. Extende-se pelo município de Rubelita até chegar no

Município de Coronel Murta onde desagua no Rio Jequitinhonha. Tendo como principais afluentes

os Rios Bananal e Caraíbas. Sendo que este rio é perenizado pela Barragem de Salinas com seus

85km Cúbicos de água.

Rio Salinas, início ano 2000. As coisas estão piorando Rápido

 

Sobre a cidade de Salinas:

É uma das mais importantes cidades do Norte de Minas, com seus 41.301 habitantes, sendo

conhecida como a Capital Mundial da Cachaça. Tendo a sua economia baseada no comercio e

algumas industrias como as de Bebidas.

 

METODOLOGIA (será empregada nas 4 fases, observadas as devidas proporções):

Como em Salinas, existe um clima conhecido como “Continental Seco”, com chuva inferior a

1000mm por ano e temperatura média máxima anual de 35 graus. Eis que selecionamos os

seguintes tipos de árvores a serem plantados neste rio, tendo em vista que são plantas nativas e

benéficas para o fim de proteção e recuperação de matas ciliares.

Nome científico: Peltophorum dubium

Nome comum: Acari

Nome científico: Pterogyne nitens

Nome comum: Carne de Vaca

Nome científico: Enterolobium contortisiliquum

Nome comum: Tamboril

As mudas serão criadas no Viveiro que será criado. A prefeitura deverá ceder um local que tenha

cerca de 200 metros quadrados, onde é possível termos 2 mil mudas.

Serão contratadas 2 pessoas para cuidarem diariamente as sementes até que se tornem mudas,

por 60 dias.

Após este periodo de cerca de 60 dias, as mudas já poderão ser plantas as margens do Rio

Salinas em suas 2 Margens.

 

Para realizarmos o plantio na Zona Urbana, dentro do perimetro da cidade, serão convocadas

escolas com crianças de 7 até 17 anos, para realizar o plantio em locais que sejam próximas as

suas escolas.

 

Nos locais mais afastados da cidade, será feita uma Parceria com o IFNMG (instituto federal do

norte de minas), para que este possa disponibilizar seus alunos técnicos e engenheiros,

ambientais e agrônomos, para realizarem este plantio.

 

Para o plantio nas ruas e praças da cidade, sugiro as seguintes espécies:

Aroeira (nativa e resistente), Ipê (pela beleza e resistência), Neem (devido ao efeito natural de

repelente contra insetos o que pode ser um fato positivo contra pernilongo, dengue, etc)

Os alunos das escolas irão realizar o plantio também das árvores no perímetro urbano, em 100%

dos casos. Para que todos possam ter a consciência e o orgulho de terem plantado o futuro de Salinas.

 

CUSTOS:

O custo para as primeiras 2 mil Mudas será de R$10,00 por muda, totalizando R$20 mil reais.

Para as 10 mil mudas subsequentes o custo cai para R$3,00 por muda.

Para as 30 mil restantes o custo será de R$2,00 por muda

TOTAL INVESTIMENTO PRIMEIRA FASE:

20 Mil Reais.

TOTAL INVESTIMENTO SEGUNDA FASE:

30 mil Reais

TOTAL INVESTIMENTO TERCEIRA FASE

60 mil Reais

Total de Investimento Solicitado a CODEMIG = R$110.000,00

Entidades Envolvidas:

Prefeituras de Salinas

IFNMG – Instituto Federal no Norte de Minas Gerais

Escolas Municipais

Cronograma:

Início atividades 5 janeiro de 2017. Termino primeira fase 5 de Abril de 2017.

Início Fase 2: 6 de Abril de 2015. Termino 6 de Julho de 2017.

Início Fase 3: 6 de Julho. Termino 6 de Outubro.

Início Fase 4: 6 de Outubro termino 6 de Janeiro.

Sobre o Autor

Ernani J. De M.M.

Ernani J. De M.M.

Redator do Kiau Notícias e outras coisas mais

1 Comentário

Deixe um recado

error: O Conteúdo desta Matéria não pode ser Copiado sem Autorização